PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Seu treino não é desculpa para sair de casa, mas não pare de malhar!

Fernando Guerreiro

21/03/2020 04h00

Crédito: iStock

Não é novidade: os tempos são de total atenção e, com a pandemia de coronavírus, devemos tomar diversos cuidados –entre eles, só sair de casa em caso de necessidade máxima e lavar bem as mãos frequentemente. E um cuidado que não deixa de ser importante para a saúde física e mental nesse momento é realizar atividades físicas (dentro de casa!).

Segundo uma nota oficial da SBMEE (Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte), a pratica regular de atividade física nesse momento pode ajudar nos seguintes pontos:

• O treino regular está associado a uma melhora da função imunológica, otimizando as defesas do organismo diante de agentes infecciosos.
• Pessoas ativas fisicamente têm menor chance de apresentar diversas doenças, como diabetes, hipertensão e outras doenças cardiovasculares, patologias crônicodegenerativas que levam seus portadores a serem considerados de maior risco para a infecção pelo coronavírus.
• Além de seu papel preventivo, o exercício físico também é uma importante ferramenta no tratamento e controle destas citadas doenças, pois pacientes descompensados são ainda mais suscetíveis às complicações e agravamentos da infecção pela covid-19.

Isso é importante, principalmente, nos idosos, comprovadamente bastante vulneráveis a essa pandemia, além de serem uma população com maior probabilidade de portarem as mencionadas patologias, tornando-os um grupo de risco merecedor de atenção especial. Lembrando que nesse momento devemos ficar em casa. Então, seu treino deve ser adaptado para pode ser realizado aí na sua sala, no seu quintal, no seu quarto… –converse com um profissional de educação física para isso.

Não use o treino como desculpa para sair de casa, muito menos ter que ficar em casa como desculpa para não malhar. Em minhas redes sociais, por exemplo,  tenho compartilhado vários treinos que podem ser feitos dentro de casa.

E uma última coisa importante. Também segundo a SBMEE, na presença de sintomas e sinais compatíveis com infecções respiratórias como febre, tosse, dispneia (falta de ar), a prática de exercícios deve ser suspensa.

Fique atento a todas as informações, priorize sua saúde, sempre.

Sobre o autor

Fernando Guerreiro é formado em Educação Física, especializado em treinamento funcional e ultramaratonista. Também é head coach da We Move Brasil, equipe especializada em desenvolver um estilo de vida saudável e transformador.

Sobre o Blog

Dicas e mensagens motivacionais para os homens que desejam melhorar a cada dia seu estilo de vida através da atividade física. Um espaço para tirar dúvidas e também para encontrar a motivação que o levará a quebrar barreiras físicas e mentais.

Blog do Fernando Guerreiro