PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Canelite ou tensão na panturrilha? Como saber a causa da sua dor na perna

Universa

01/02/2020 04h00

Crédito: iStock

Dor na região da canela é um problema muito comum entre corredores, principalmente os iniciantes. A melhor pessoa para identificar a causa desse problema é um médico ortopedista, mas o que observamos no dia a dia com os atletas é que em muitos casos a origem da dor é uma lesão chamada canelite ou resultado da tensão nos músculos da panturrilha. Como saber identificar o seu desconforto?

Quando o problema é a tensão na panturrilha, geralmente alguns dias de repouso já permitem ao corredor voltar aos treinos sem dor. Ao retomar a rotina de treino, sempre em ritmo leve, é muito importante também fazer um trabalho de alongamento e fortalecimento muscular dos músculos da batata da perna. Isso já é capaz de aliviar a tensão na região e evitar que a dor evolua para uma inflamação.

Mas e a canelite, o que é? Chamada de síndrome do estresse tibial medial, é uma inflamação do osso da canela (tíbia), que envolve muitas vezes os tendões e músculos desta região da perna.

Essa síndrome é muito comum em praticantes de atividades físicas de muito impacto, em geral as que envolvem corrida. 

A camada que recobre a tíbia, chamada periósteo, faz ligação entre o músculo e o osso. Quando esta camada está inflamada, dá-se o início da canelite, e é aí que começa as dores agudas. 

Alguns sintomas são muito específicos da canelite:

  • Dores agudas na canela;
  • Inchaço;
  • Sensibilidade ao toque;

Uma das principais causas desta síndrome é o estresse na estrutura da canela, principalmente em corredores, devido ao excesso de impacto, carga e esforço.

Para prevenir a canelite:

  • Tome cuidado com o volume e intensidade dos exercícios, realizar atividades físicas de acordo com a sua capacidade física reduz o risco de lesão.
  • Sempre se alongue e aqueça antes das atividades físicas, principalmente, dando atenção ao alongamento das suas panturrilhas.
  • Faça exercícios de fortalecimento para as pernas.

Como tratar a canelite:

Alguns exames com um ortopedista serão fundamentais para diagnosticar o problema e definir o tratamento. Porém, de início, a recomendação é repousar e tomar cuidado com os treinos, mesmo que sejam de baixa intensidade.

Adequar o volume de treino, por mais lento que seja, é fundamental para o corpo se adaptar à carga de treino.

Compressas de gelo podem ajudar a aliviar a dor trazida pelo processo inflamatório.

Em casos mais graves é fundamental deixar o corpo descansar por completo, suspendendo os treinos por alguns dias ou até meses.

Nestes casos graves, se não for dado o cuidado devido, a lesão pode evoluir para uma fratura por estresse.

Se você está sentindo muitas dores durante o treino ou até mesmo no dia a dia, não negligencie, não tente ser um super-herói. Tome os devidos cuidados e não perca mais tempo: procure um médico.

Sobre o autor

Fernando Guerreiro é formado em Educação Física, especializado em treinamento funcional e ultramaratonista. Também é head coach da We Move Brasil, equipe especializada em desenvolver um estilo de vida saudável e transformador.

Sobre o Blog

Dicas e mensagens motivacionais para os homens que desejam melhorar a cada dia seu estilo de vida através da atividade física. Um espaço para tirar dúvidas e também para encontrar a motivação que o levará a quebrar barreiras físicas e mentais.

Blog do Fernando Guerreiro