Topo

Histórico

Categorias

Compressa fria ou quente? Veja os melhores momentos para usar cada uma

Fernando Guerreiro

01/06/2019 04h00

Crédito: iStock

Normalmente quando temos alguma batida ou alguma lesão, nosso corpo sofre alguns traumas e os sintomas vem rapidamente: vermelhidão, dor, inchaço. São as respostas mais rápidas que o corpo sente diante desse trauma. Dificilmente nesses casos as pessoas vão ao médico de imediato, mas sempre recorre a boa receita caseira de compressa quente ou gelada.

Mas você sabe qual a diferença entre as duas? De fato são duas receitas muito boas, analgésicas e relaxantes… Mas para um tratamento eficaz é preciso saber qual compressa usar para o trauma certo.

Dê um olhada nessas dicas de qual a melhor escolha:

Compressa de gelo

Os casos mais recomendados para aplicar a compressa de gelo são os de pancadas, entorse nas articulações e até em alguns casos de inflamações locais, por exemplo:

  • Quando você está correndo e pisa de mal jeito e causa um entorse de tornozelo ou joelho;
  • Está na pelada de final de semana e recebe um chute na canela ou a famosa paulistinha;
  • Ou até mesmo numa bobeira de prender dedo na porta ou chutar o pé da mesa com o dedinho.

Nesses traumas é normal que alguns vasos se rompam provocando hematomas, vermelhidão e inchaço. A função da compressa gelada é fazer com que os vasos se contraiam diminuindo o fluxo de alguns fluídos. O gelo poderá diminuir algumas dores também, tratando alguma possível extensão do trauma.

Na hora da aplicação da compressa tome cuidado com as extremidades como dedos, nariz, orelha. São partes do corpo com estruturas nervosas muito sensíveis a mudança da temperatura.

Além disso, nunca coloque o gelo em contato direto com a pele, isso evitará possíveis queimaduras, atente-se ao tempo também, de 10 a 15 minutos é um tempo eficiente e seguro.

Você já se sentiu muito estressado ao ponto de sentir seus músculos travando? A compressa quente é ideal para essas situações. Ela também ajuda a tratar edemas e hematomas gerados há mais de 48 horas.

Compressa quente

A compressa quente tem função de aumentar o fluxo sanguíneo, assim diminui a tensão muscular. É indicada nas seguintes situações:

  • Pra quem passa muito tempo no computador e termina o dia com sensação de torcicolo;
  • Quando você faz um esforço muscular além do habitual e sente-se muito cansado;
  • Um longo período dirigindo ou sentado e suas costas (região lombar) estão te matando.

Antes de aplicar a compressa teste a temperatura, cada um aguenta uma determinada exposição ao quente, para evitar queimaduras a temperatura não pode estar muito alta.

Em regiões com sangramento ou hematomas não é aconselhado a aplicação da compressa quente, pois os vasos sanguíneos irão dilatar e isso pode aumentar o risco de sangramento.

O uso da compressa quente pode ser feito várias vezes ao dia, aplique-a e a mantenha no local até que ela esfrie.

Agora que você está por dentro disso, não sofra mais com dores, aplique a compressa ideal e vai mexer esse corpo!

Sobre o autor

Fernando Guerreiro é formado em Educação Física, especializado em treinamento funcional e ultramaratonista. Também é head coach da We Move Brasil, equipe especializada em desenvolver um estilo de vida saudável e transformador.

Sobre o Blog

Dicas e mensagens motivacionais para os homens que desejam melhorar a cada dia seu estilo de vida através da atividade física. Um espaço para tirar dúvidas e também para encontrar a motivação que o levará a quebrar barreiras físicas e mentais.

Blog do Fernando Guerreiro