Topo
Fernando Guerreiro

Fernando Guerreiro

Categorias

Histórico

A importância de variar estímulos e períodos de treino para ter resultados

Fernando Guerreiro

24/11/2018 04h00

Crédito: iStock

Sabe aquele treino que você pegou faz um tempo com seu amigo professor de educação física ou copiou da internet?

No início, no período de adaptação, alguns resultados são notáveis, inclusive aquela dor do pós-treinos. Mas chega um momento em que, após semanas treinando e se esforçado ao máximo, você deixa de ver ganhos físicos, certo?

Sabe o motivo?

Um fator muito relevante para isso acontecer é a falta de diferentes estímulos. Nosso corpo apresenta mecanismos adaptativos bastante específicos e interessantes, e é aí que entra uma boa periodização, entender as fases do treino.

É muito importante entender que treino não é composto apenas pelos exercícios. É como um jogo de quebra-cabeças e as peças se encaixam com uma série de variáveis. Estas são algumas que você pode mudar:

– Peso (ou carga) Saber a fase de levantar mais ou menos quilos faz muita diferença, manter sempre a mesma carga é um dos erros mais comuns.

– Execução O quanto de movimento é aplicado, explorando o máximo de feixes musculares.

Velocidade e cadência dos movimentos Estão ligados à qualidade da execução, quanto mais concentrado o movimento, melhor. Inclusive, esse cuidado com a execução bem feita evita algumas lesões por excesso de carga.

– Intervalos de descanso São uma ótima estratégia de variar o seu treino. Você pode usar outros exercícios como pausa ativa, por exemplo.

Se o seu treino não tem alterações nestas variáveis há muito tempo, muito provavelmente você está em processo de estagnação nos seus resultados, por isso não percebe novos resultados. Tudo porque os estímulos estão sendo sempre iguais e os processos adaptativos possíveis já aconteceram.

Isso é muito comum, normalmente a periodização não é levada tão a sério, essas mudanças não são bem feitas ou em outros casos, que não tem planejamento de treino algum. Nesse casos, existe uma manutenção do que se obteve de resultados no início, mas não existe desenvolvimento.

Você precisa alternar seu treino, dar diferentes estímulos em diferentes períodos, e isso não significa necessariamente dizer troca de exercícios.

Procure um profissional da área e vá com tudo.

Sobre o autor

Fernando Guerreiro é formado em Educação Física, especializado em treinamento funcional e ultramaratonista. Também é head coach da We Move Brasil, equipe especializada em desenvolver um estilo de vida saudável e transformador.

Sobre o Blog

Dicas e mensagens motivacionais para os homens que desejam melhorar a cada dia seu estilo de vida através da atividade física. Um espaço para tirar dúvidas e também para encontrar a motivação que o levará a quebrar barreiras físicas e mentais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Fernando Guerreiro