Topo

Histórico

Categorias

Spinning: aula é ótima para detonar calorias e ter pernas fortes

Fernando Guerreiro

17/11/2018 04h00

Crédito: iStock

Em todas as academias, uma das aulas mais disputadas é o spinning. Provavelmente, uma das razões para isso é que a modalidade recebeu o apelido carinhoso de "detonadora de calorias." E ela realmente faz jus a essa fama e muitas outras. Além de ter um alto gasto calórico, a atividade trabalha bem a musculatura das pernas e traz um condicionamento físico incrível, aumentando e muito a resistência cardiovascular e respiratória.

Em uma aula de uma hora é possível "queimar" de 500 a 700 calorias, levando em consideração o nível de cada praticante –quanto mais avançado e treinado maior será o gasto em um treino bem feito. Ou seja, é uma aula que sem dúvidas tem como maior benefício o emagrecimento com qualidade de vida.

Outro ponto positivo do spinning é a questão motivacional. As aulas geralmente têm músicas agitadas e professores que incentivam o tempo todo, fazendo com que você dê o máximo que pode e termine o treino satisfeito, querendo repeti-lo logo.

E para a experiência na atividade ser ainda melhor, é importante tomar alguns cuidados básicos: 

– Sempre use uma bermuda acolchoada ou um banco com gel, pois pelo logo tempo que você passa em contato com o selim da bike, pode sentir algum desconforto se não tiver uma proteção.

Peça ajuda do professor para ajustar corretamente a altura do banco e distância do guidão. Quanto mais ajustada para seu tamanho a bike estiver, mais performance e conforto você vai ter no pedal.

– Tenha sempre uma toalhinha para secar o suor. Por ser um treino que faz transpirar muito, manter as mãos secas evita que elas escorreguem no guidão, prevenindo acidentes.

– Leve sua garrafinha com água ou isotônico para se reidratar –mas se sua intenção é perder peso, lembre-se que a bebida isotônica é calórica.

– Invista em um frequencímetro, que mede os batimentos cardíacos. Assim, fica mais fácil saber se você está na zona-alvo para queima de gorduras.

– Faça um check-up médico. Pessoas que possuem problemas cardíacos severos e elevados graus de comprometimento dos joelhos e coluna devem ser melhor avaliados antes de entrar numa aula dessa, talvez não seja o melhor treino pra essas condições.

Se seguir essas dicas e manter uma rotina de duas a três aulas por semana você vai obter resultados consideráveis já nos dois primeiros meses, mas é depois disso que seu corpo realmente começa a ser transformado, ainda mais se sua alimentação estiver de acordo com o plano nutricional.

Procura um estúdio ou academia perto de você e experimente esse treino, você vai se surpreender com o que vai encontrar.

Sobre o autor

Fernando Guerreiro é formado em Educação Física, especializado em treinamento funcional e ultramaratonista. Também é head coach da We Move Brasil, equipe especializada em desenvolver um estilo de vida saudável e transformador.

Sobre o Blog

Dicas e mensagens motivacionais para os homens que desejam melhorar a cada dia seu estilo de vida através da atividade física. Um espaço para tirar dúvidas e também para encontrar a motivação que o levará a quebrar barreiras físicas e mentais.

Blog do Fernando Guerreiro