Topo
Fernando Guerreiro

Fernando Guerreiro

Categorias

Histórico

O pilates pode ser um ótimo aliado dos corredores; veja 10 benefícios

Fernando Guerreiro

2004-08-20T18:04:00

04/08/2018 04h00

Crédito: iStock

Muitos confundem com ioga, outros acham que é alongamento. Mas aqui está uma boa definição do que se trata esse método, segundo o próprio Joseph Pilates: "O pilates devolve um corpo uniforme, corrige posturas erradas, restaura vitalidade física, revigora a mente e eleva o espírito".

Praticar esse método melhora a capacidade do corpo de recuperar os movimentos naturais, harmônicos e espontâneos, o que tem uma relação direta com a corrida.

Você sabe como o pilates pode ajudar na melhora do desempenho na corrida?

Por se tratar de um método que carrega a essência dos movimentos básicos e funcionais, exigindo que os grupos musculares mais usados na corrida sejam utilizados,o pilates pode ser um grande aliado dos corredores, trabalhando os músculos fundamentais.

Durante a prática, todos os exercícios devem ser realizados utilizando os princípios básicos (concentração, controle, controle de centro, precisão, fluidez, respiração). Alguns exercícios ainda podem simular o gesto esportivo, levando todo o foco para o controle, o alinhamento, a postura, a consciência corporal, o alongamento, a melhora da amplitude e a qualidade de movimento das articulações.

Benefícios do Pilates aos corredores:

  1. Ajuda no fortalecimento muscular simétrico. Muitos atletas têm músculos mais encurtados de um lado do corpo do que o outro, daí a necessidade do reequilíbrio muscular. Quando trabalhado esse equilíbrio, o resultado é o aumento de força e resistência muscular, diminuindo as chances de fadiga precoce e prevenindo lesões agudas;
  2. Melhora a postura, ajustando o gesto técnico nos treinos específicos de corrida. Lembrando que uma postura correta diminui o gasto energético;
  3. Melhora o alongamento e a mobilidade articular, o que permite uma passada de maior qualidade e eficiência;
  4. Melhora o controle da mente e a concentração, fator que define se você vai concluir uma prova ou não. Muitas vezes nossa mente sustenta o corpo, quando não temos mais energia física;
  5. Melhora a consciência corporal e a coordenação, o que nos leva mais uma vez a ter um gesto técnico eficiente e uma economia de movimento;
  6. Diminui a sobrecarga na coluna, eliminando as dores e os desconfortos que tiram nossa concentração durante a corrida;
  7. Permite uma maior expansão da caixa torácica, melhorando a capacidade e controle respiratório e aliviando tensões;
  8. Permite que os tempos de provas sejam mais baixos, uma vez que os movimentos são mais eficientes e sem dor;
  9. Melhora a performance e diminui o risco de lesões. Um corpo mais alinhado, forte, flexível e equilibrado tem um gasto energético menor;
  10. Complementa os treinos de força, que são aliados fundamentais para performance, correção/prevenção de erros de movimento e prevenção de lesões.

Sobre o autor

Fernando Guerreiro é formado em Educação Física, especializado em treinamento funcional e ultramaratonista. Também é head coach da We Move Brasil, equipe especializada em desenvolver um estilo de vida saudável e transformador.

Sobre o Blog

Dicas e mensagens motivacionais para os homens que desejam melhorar a cada dia seu estilo de vida através da atividade física. Um espaço para tirar dúvidas e também para encontrar a motivação que o levará a quebrar barreiras físicas e mentais.